Nada de nada

Às vezes eu paro para pensar por que ainda continuo com esse blog. É claro que não quero -e não vou- acabar com ele, mas hoje resolvi ver minhas postagens antigas de 2009 tentando encontrar o que me fazia escrever, sobre o que falava e porque tudo saia tão bonito e me saciava tanto.
Realmente, acho que só me satisfaço plenamente com as minhas escrituras quando estou triste, pois é aí que elas realmente tem a função que me interessa. É na tristeza que sou mais crítica, é na tristeza que tudo sai mais fácil e, até 2009 posso dizer que não era uma pessoa muito feliz. Naquela época tudo o que eu necessitava era escrever.
Gostaria de poder mudar isso e continuar a escrever igualmente bem mesmo estando feliz, porque sei que em algum momento teria que abrir mão da minha escrita ou da minha felicidade. E cá entre nós, prefiro estar feliz do que escrever tristezas.
Vai ver é só uma questão de aprendizado, um dia aprendo como conciliar ambas coisas. Quem sabe, quem sabe...


Mudando de assunto, recebi um selo do Sandro do blog RIMAS DO PRETO. Muito obrigada! :D

5 thoughts on “Nada de nada

  1. Selinho mais que merecido.
    Um incentivo para continuar ...

    ResponderExcluir
  2. Lindinha,
    ___
    vamos compartilhar nossas
    alegrias, assim aprendemos
    em conjunto a realizar nossas
    realizações.
    ___
    vai embora nao...
    bjão---
    andericky@hotmail.com

    ResponderExcluir
  3. Não dizem que os poetas, os escritores em geral, se inspiram mais na tristeza? Não deixe de postar, adoro lê-la, saber de vc...
    Bjs*

    ResponderExcluir
  4. Hello my friend, Your site is great, good job you do.

    I also created many blogs but not good like yours,So please


    could you exchange link with me?

    Here are my blogs. you could choose to exchange ,

    http://khmernewstoday.blogspot.com/

    http://www.khmergay.net/

    ResponderExcluir
  5. MARAVILHOSO SEU BLOG, SUCESSO E MUITA PAZ...BJS VISITE: WWW.INSTITUTOEUQUEROPAZ.BLOGSPOT.COM

    ResponderExcluir